Por um renascimento da vida. O apelo do empresário Roberto Brazzale.

O empresário italiano Roberto Brazzale, criador do Baby-Bonus em sua própria empresa e um dos personagens do filme Human Life, escreveu um apelo aos candidatos à presidência da Confederação das Indústrias em Vicenza em razão do Dia da Vida, celebrado no último dia 7 de fevereiro. Esperamos que suas sugestões possam ser seguidas por todo o mundo! 

«Hoje a Igreja Católica celebra o Dia da Vida, que se realiza no momento mais dramático que a nossa comunidade já viveu em relação aos novos nascimentos. Os números são alarmantes: cerca de 700.000 pessoas morrem na Itália por ano, enquanto nascem 400.000 no mesmo período. A Itália perde 300.000 vidas todos os anos. Neste cenário impressionante, na semana passada tivemos a oportunidade de ler os programas apresentados pelos candidatos à presidência da Confindustria (Confederação das Indústrias) em Vicenza. Infelizmente, não registramos entre as várias listas programáticas qualquer postura sobre o assunto que seja verdadeiramente radical e adequada à gravidade da situação. O papel das empresas e dos empresários é decisivo para recuperar o ambiente adequado para que os jovens voltem a sentir a maternidade e a paternidade no centro da vida social, já que os projetos de ter filhos devem ter conta a realidade da vida profissional. A correta atitude dos empresários e o clima nos negócios tornam-se, portanto, cruciais; muitas vezes é na empresa que os futuros pais sofrem ou percebem os maiores obstáculos. Posto isto, gostaríamos de apelar aos candidatos à presidência para que coloquem esta questão no topo das suas prioridades, propondo a criação de “modelos” de medidas empresariais a propor aos associados. Vamos tentar imaginar qual seria o efeito se mais e mais empresas (agora a Confindustria não está mais associada apenas a indústrias, mas a grande maioria das empresas) introduzissem de forma estável e sistemática certos benefícios como bônus, formas especiais de meio período, extensão de licença-paternidade e assim fosse criado um verdadeiro "renascimento" favorecido por associações comerciais. Para tal, permitimo-nos oferecer o contributo da experiência adquirida em conjunto com outros colegas nos últimos anos, talvez criando um grupo de trabalho específico, verdadeiramente operacional e concreto. Agradecemos a sua atenção, confiando que este apelo será levado em consideração com a coragem visionária de verdadeiros inovadores ”.